Após chamar homossexualidade de vagabundagem, missionária mirim grava com funkeira trans

A canção será lançada na próxima semana

Da Redação JM Notícia

A “missionária” Vitória de Deus ficou conhecida nacionalmente após compartilhar nas redes sociais um vídeo onde ela critica a campanha da marca OMO que promovia a homossexualidade.

Nervosa, a menina disse no vídeo que “Deus criou Adão e Eva e não Adão e Ivo” e que a promoção dos relacionamentos homoafetivos é “vagabundagem”, além de exigir à marca de sabão em pó para “deixar as crianças em paz”.

Mas nesta quarta-feira (11) Vitória surpreendeu seus 100 mil seguidores no Instagram ao divulgar que na próxima semana irá lançar uma música com a cantora de funk transexual Lady Chokey.

Na divulgação deste single, Vitória faz questão de frisar que pela primeira uma missionária e uma trans estarão juntas louvando a Deus. “Quero passar uma mensagem de paz e união entre os meus fãs evangélicos e LGBTQI+, pois todos nós podemos adorar a Deus, independentemente de raça, cor ou orientação sexual”, diz a legenda da foto onde as duas cantoras aparecem juntas.

Lady Chokey também se prepara para lançar um single, porém já avisou nos seus stories do Instagram que a canção não poderá ser escutada por menores de 18 anos. A funkeira trans adianta que a letra falará explicitamente de sexo homossexual.

VEJA TAMBÉM
Crescimento evangélico tem impedido avanço da agenda LGBT na América Central, diz estudo

Relembre o polêmico vídeo da missionária mirim

https://www.youtube.com/watch?v=CylIv5Lag70