Da Redação JM Notícia 

O pastor Marco Feliciano usou suas redes sociais para comentar duas apresentações do 28° Festival de Inverno de Garanhuns  (FIG) e mostrou que no Brasil os cristãos são alvos de chacota e perseguição.

A primeira apresentação que o pastor e deputado federal comentou foi de Daniela Mercury que invocou entidades da umbanda durante o show, além de criticar os cristãos que foram contra a exibição da peça teatral onde Jesus reencarna como travesti.

Feliciano citou que se fosse um artista evangélico criticando outras religiões  em um evento pago com dinheiro público,  haveria uma grande oposição por parte da imprensa.

O segundo show comentado foi do cantor pernambucano Johnny Hooker,  que ao defender a peça “O Evangelho Segundo Jesus Rainha do Céu”, afirmou que “Jesus é travesti sim e bicha sim”.

“Por que não fazem isso com representantes de outras religiões?”, questionou Felicidade. Na visão dele, os cristãos são atacados cada vez mais no Brasil e não podem reagir. “Respeitem a fé cristã”, pede.

VEJA TAMBÉM
‘Mergulhei em Jesus’, diz travesti da polêmica peça de teatro

Assista: