Da Redação JM Notícia

Um dia após anunciar que desistiria de disputar a eleição para governador do Tocantins, o ex-prefeito de Palmas Carlos Amastha (PSB) reconsiderou a decisão e anunciou que está de volta à disputa.

A decisão é anunciada neste momento através de uma coletiva de imprensa na capital, onde ele deverá justificar as suas decisões da última hora.

Após gravar um vídeo dizendo que sem o PTB e o PCdoB, partidos que se coligaram ao ex-juiz Márlon Reis, ele não poderia seguir com seu projeto de governo, Amastha resolveu permanecer na disputa.

Em seu pronunciamento, Amastha disso que ficou emocionalmente abalado com a saída do PCdoB e PTB da sua base, mas resolver permanecer na disputa por não querer “fugir da batalha”.
“Se tivesse opções a decisão de ficar de fora seria mais fácil. Não tem a mínima condição de fugir desta batalha”, declarou Amastha.

O ex-prefeito da capital estava acompanhado de seus colegas de coligação, entre eles o senador Ataídes Oliveira (psdb) e o senador Vicentinho Alves (PR), além dessas duas siglas, Amastha também conta com o apoio do MDB de Marcelo Miranda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here