Da Redação JM Notícia 

O vereador Major Negreiros (PSB) foi preso pela Polícia Federal no aeroporto do Rio de Janeiro na manhã desta quarta-feira (8) após desembarcar de um voo voltando do Chile, onde passou as férias acompanhado de sua família. As informações são do delegado da Polícia Civil, Guilherme Rocha, responsável pelas investigações.

O parlamentar ficará sob custódia da PF do Rio até ser transferido para Palmas. Ele era considerado foragido da justiça desde a última sexta-feira (3) quando a Polícia Civil iniciou a segunda fase da Operação Jogo Limpo que investiga o desvio de R$ 7 milhões da Prefeitura de Palmas.

A Polícia Civil cumpriu 25 dos 26 mandados de prisão que foram expedidos. Destas pessoas, apenas o vereador José do Lago Folha Filho permanece preso na Casa de Prisão Provisória de Palmas. O vereador Rogério Freitas já ganhou a liberdade e voltou a exercer seu mandato na Câmara Municipal.

Os vereadores, empresários e servidores detidos são investigados por receberem valores de empresas fantasmas que emitiram notas fiscais frias para justificar serviços não prestados à Prefeitura de Palmas. Os valores pagos eram destinados à projetos voltados para a área de esportes.

VEJA TAMBÉM
Mauro Carlesse deixa PTB e assume PHS no Tocantins

A investigação apontou que os três vereadores presos receberam repasses dessas empresas. Freitas negou qualquer envolvimento com o esquema de corrupção. Folha Filho se entregou nesta segunda-feira dizendo que desconhece as acusações e que não autorizou que depositassem em sua conta. Negreiros terá que prestar esclarecimentos.