Da Redação JM Notícia 

Celebração dos 159 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil aconteceu na Universidade Mackenzie, em São Paulo (Foto: Divulgação)
Celebração dos 159 anos da Igreja Presbiteriana do Brasil aconteceu na Universidade Mackenzie, em São Paulo (Foto: Divulgação)

A Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB) comemorou, em 10 de agosto, os seus 159 anos de atuação no Brasil. O Culto Solene da celebração ocorreu no auditório Ruy Barbosa do Mackenzie, em São Paulo, e contou com diversas autoridades da organização e da IPB, incluindo o reverendo Augustus Nicodemus, vice-presidente do Supremo Concílio da Igreja, que fez a pregação de gratidão por mais um aniversário.

Além dele, o presbítero Clodoaldo Waldemar Furlan; José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie; Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie; e o chanceler em exercício, Valdeci Santos também oraram durante o culto. O evento contou também com apresentação da Orquestra Sinodal e do Coral Intersinodal.

Nicodemus ressaltou que a IPB é uma igreja histórica que vem da Reforma Protestante do século XVI e tem 500 anos no mundo, sendo 159 deles aqui no Brasil. Nesse período, “ela tem buscado manter os pilares da Reforma, que consistiam numa combinação de devoção, amor a Deus, precisão doutrinária, e envolvimento com a sociedade em geral”.

VEJA TAMBÉM
Augustus Nicodemus alerta para os perigos do sexo casual entre universitários

Em sua missão e trabalho ao longo desse mais de um século e meio, a igreja prima pelo ensino da escritura sagrada, a boa teologia, a qualidade moral e intelectual de seus pastores e cuida de seus membros em suas igrejas locais. Conforme pontua Nicodemus, “ela entende que dessa forma nós podemos colaborar com a sociedade, entregando a ela cidadãos que sejam honestos, tementes a Deus e com uma visão ampla, que possam fazer a diferença em nosso país tão necessitado”.

Nicodemus enfatiza que a esperança em Deus e o olhar para o futuro não significa um abandono do presente. “Muito pelo contrário, lutamos e continuaremos lutando para dar educação de qualidade, alimentar os carentes e lutar pelos direitos das pessoas no agora”.

Sobre a IPB

A IPB é a mais antiga denominação reformada do país, fundada pelo missionário Ashbel Green Simonton em 1859. Atualmente, a instituição conta com igrejas, congregações e pontos de pregação que compartilham o evangelho da graça com a população. Com informações da assessoria da Universidade Mackenzie.