O CEO do Twitter, Jack Dorsey, admitiu que os funcionários do Twitter compartilham um viés predominantemente de esquerda.

Em uma entrevista transmitida no sábado (18) na CNN, Jack Dorsey disse que sua empresa tem a responsabilidade de ser honesta sobre seus pontos de vista políticos, mas deve operar sem preconceitos ao aplicar as políticas de conteúdo aos usuários.

Esta imparcialidade alegada pelo chefe do Twitter não vem sendo identificada pelos usuários. A rede social enfrenta diversas acusações de discriminação contra vozes conservadoras.

Depois da exclusão do direitista Alex Jones de várias plataformas digitais, incluindo uma suspensão no Twitter, até o próprio presidente dos Estados Unidos criticou a perseguição contra direitistas pelas gigantes tecnológicas.

“As mídias sociais estão discriminando totalmente as vozes Republicanas/Conservadoras”, disse Donald Trump. “Eles estão impedindo a opinião de muitas pessoas da DIREITA, enquanto, ao mesmo tempo, não fazem isso com os outros”.

Conforme reportado pelo jornal americano The Hill, durante a entrevista na CNN, o dono do Twitter admitiu o viés esquerdista da rede social:

Precisamos mostrar constantemente que não estamos agindo com base no nosso próprio viés, que eu admito totalmente ser mais de esquerda.

Entretanto, ignorando as milhares de denúncias recentes, Jack Dorsey negou que seus funcionários estão agindo para conter a expansão do discurso direitista.

Mas a questão real por trás desse assunto é: estamos fazendo alguma coisa com base em ideologia política ou pontos de vista? E não estamos. Ponto final.

O CEO do Twitter também insistiu que sua empresa apenas regula questões comportamentais na plataforma, não analisa o viés do conteúdo.

Brian Stelter

@brianstelter

“We do not look at content with regards to political viewpoint or ideology,” @Jack told me. But he knows some people do not believe him. “I think we need to constantly show that we are not adding our own bias, which I fully admit is left, is more left-leaning,” he says…

Com informações Renova Mídia

COMPARTILHAR