Pastora e esposo morrem esfaqueados pelo próprio filho no DF

Uma tragédia em família abalou o Distrito Federal. Um filho atacou a facadas o pai e a mãe. A pastora Josenita Lima, morreu, na madrugada desta sexta-feira (17), no Hospital Regional de Taguatinga (HRT), ela tinha 50 anos. A família não informou a causa da morte mas, na segunda-feira (13), ela e o marido, José Pereira Braga, 57 anos, foram atacada a facadas por um dos filhos, dentro de casa, em Vicente Pires. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu, horas depois. Socorrida, a mulher foi medicada e liberada no mesmo dia.

De acordo com o portal local Destak Notícias, conforme depoimento de Josenita à polícia, o casal teriam um relacionamento conflituoso com o filho Gabriel Lima Braga, 23 anos. Inclusive, após algumas brigas, ela e o marido decidiram só dormir com a porta do quarto chaveada.

Porém, na noite do crime, a chave desapareceu. Mesmo Gabriel tendo negado saber do paradeiro da chave, Josenita disse que só dormiria se o marido ficasse acordado, o que foi feito. Na madrugada, ela acordou com os gritos de José. Na sala, viu o marido ferido e o filho com uma faca na mão, testemunhou a pastora, que foi atacada em seguida.

VEJA TAMBÉM
John MacArthur diz que mulher não deve pregar na igreja

Em um momento de distração de Gabriel, o casal conseguiu se fechar em um quarto e chamar a Polícia Militar. O rapaz foi preso em flagrante, atualmente, está isolado na Ala de Tratamento Psiquiátrico da Papuda (ATP). Com informações Plantão Gospel