Desenganado pelos médicos, criança levanta do coma com relato emocionante. Foto: Jennifer Reindl / Facebook (Fair Use)

O caso do garoto, Trenton McKinley, um menino de 13 anos que vive no Estado norte-americano do Alabama, impressiona pelos fatos que o cercam. Ao sofrer um acidente de carro em março deste ano, ele teve fraturas no crânio e ficou com graves danos cerebrais.

Enquanto Trenton permanecia em coma, os médicos disseram aos seus pais que ele nunca se recuperaria. O quadro era realmente de pouquíssimas esperanças. Trenton tinha passado por várias cirurgias cranianas, tinha sofrido falência dos rins, tinha tido uma parada cardíaca e tinha ficado nada menos que 15 minutos sem sinais vitais na mesa de cirurgia durante as tentativas de salvá-lo, relatou o portal Aleteia.

Por outro lado, os médicos também disseram aos pais de Trenton que ele era compatível com cinco crianças que precisavam de transplantes. Foi a notícia de que cinco crianças poderiam ser salvas o que levou a mãe do menino, Jennifer Reindl, a concordar com a doação de órgãos de seu filho, num contexto em que toda a equipe médica praticamente descartava qualquer chance de recuperação.

VEJA TAMBÉM
CD "Milagre", de Midian Lima, está disponível nas plataformas digitais

E foi diante desse quadro, pouco depois que os pais assinaram os papéis autorizando o desligamento dos aparelhos e a doação dos seus órgãos, que o extraordinário aconteceu: Trenton simplesmente começou a dar sinais de consciência.

A mãe dele relatou aos meios de comunicação:

“Depois que nós concordamos com a doação, eles tiveram que manter o Trenton vivo para ‘limpar’ os seus órgãos que iam ser doados. No dia seguinte, estava marcado o último teste de atividade cerebral para determinar o desligamento dos aparelhos. Mas aí os sinais vitais tiveram um pico e eles então cancelaram o teste”.

Trenton vem enfrentando um processo lento de recuperação. O menino que segundo os médicos “não tinha mais chance de recuperação” voltou não apenas a andar e a falar, como também está fazendo exercícios de matemática.

No entanto, ele ainda tem dores nevrálgicas e convulsões, o que exigirá mais cirurgias para a recuperação do crânio.

Porém, quase todos acreditam que um milagre aconteceu com o pequeno garoto e isso a ciência não pode explicar.

Milagre?

A mãe de Trenton é direta ao afirmar que, para ela, a recuperação é “um milagre”.

VEJA TAMBÉM
Pastor faz mão de fiel "desgrudar" com o poder do dízimo; vídeo gerou polêmica nas redes sociais

Em uma das várias entrevistas que já deu, o próprio menino afirmou que, durante o tempo que passou em coma, achou que estava no céu:

“Era como se eu estivesse caminhando num campo aberto. Não existe outra explicação a não ser Deus”.