Da Redação JM Notícia

Os moradores do setor São João I e II, bem como do setor Ecológico, recebem os técnicos da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) nesta terça e quarta, 04 e 05, respectivamente, para atualização do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) que visa atualizar os dados, averiguar inconsistências e realizar novos cadastramentos das famílias de baixa renda em Palmas.

O atendimento nos setores São João I e II será das 9 às 16 horas, na igreja católica que fica ao lado da ETI Marcos Freire, terça, 04. Já no setor Ecológico, na igreja Da Vinha, na quarta, 05. O CadÚnico é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

Segundo a gestora do Programa Bolsa Família em Palmas, Terezinha de Jesus Milhan, desde 2003, o Cadastro Único se tornou o principal instrumento do Governo Federal para a seleção e a inclusão de famílias de baixa renda em programas federais, sendo usado obrigatoriamente para a concessão dos benefícios do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, do Programa Minha Casa Minha Vida, da Bolsa Verde, entre outros. Também pode ser utilizado para a seleção de beneficiários de programas ofertados pelos Governos Estaduais e Municipais. Por isso, ele funciona como uma porta de entrada para as famílias acessarem diversas políticas públicas.

VEJA TAMBÉM
"On no Movimento" evangeliza através de dança

Terezinha de Jesus explica ainda que a execução do Cadastro Único é de responsabilidade compartilhada entre o Governo Federal, os estados, os municípios e o Distrito Federal. De acordo com ela, em Palmas existem cerca de 40 mil famílias cadastradas, por isso orienta aos usuários que visitem os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e mantenham suas informações em dias para não perderem benefícios. “Somente no Bolsa Família temos 12.431 famílias beneficiárias o que equivale, aproximadamente, a 14,58% da população total do município”, disse.

O atendimento referente ao CadÚnico em Palmas é realizado pela Sedes, por meio de uma equipe especializada denominada Gerência do Cadastro Único. Quem desejar fazer o cadastro no CadÚnico deve procurar o Cras da sua abrangência.

Confira a lista de documentos necessários para fazer o cadastro no CadÚnico:

Para maiores de 18 anos que moram no domicílio
Identidade
CPF
Titulo de Eleitor
Carteira de Trabalho
Certidão de Nascimento ou Casamento
Conta de Energia Elétrica
NIS do Titular (caso for recadastramento)

VEJA TAMBÉM
Eleições 2018: Secretários de Palmas devem deixar seus cargos para iniciarem pré-campanha

Para menores de 18 anos que moram no domicílio:
Registro ou certidão de nascimento
Declaração escolar.