Da Redação JM Notícia

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) precisou foi atacado por uma facada na tarde desta quinta-feira (6) em Juiz de Fora, onde fazia campanha política.

O candidato não usava colete à prova de balas e  foi atingido no abdômen, precisando  ser retirado do local por seus seguranças. O ato foi registrado pelo jornal O Globo.

 O presidenciável foi atingido no abdômen e, levado para a Santa Casa de Misericórdia da cidade mineira, passou por uma cirurgia de cerca de duas horas. Segundo a equipe médica que operou o candidato à Presidência, ele sofreu lesões nos intestinos delgado e grosso. O quadro dele é “grave, mas estável”. O suspeito do ataque, Adélio Bispo de Oliveira, de 40 anos, foi preso e está custodiado em uma delegacia da Polícia Federal.

Após a operação, Jair Bolsonaro foi levado à Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa. Ele já retomou a consciência e recebeu familiares e assessores. Os médicos esperam que ele passe pelo menos de sete a dez dias internado. Uma transferência ao Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, foi solicitada pela família do presidenciável e será analisada nas próximas horas, quando uma equipe do hospital paulistano chegará a Juiz de Fora.

VEJA TAMBÉM
Fernando Collor anuncia pré-candidatura à Presidência em 2018

Assista: