Da Redação JM Notícia

Polícia Civil prende vereador em Araguaína acusado de vender CNHs – Foto: Ricardo Costa

Na manhã desta quinta-feira (13) a Polícia Civil cumpriu oito mandatos de busca e apreensão e prisão temporária de cinco dias, sendo dois contra donos de auto escola, e seis contra servidores da CIRETRAN de Araguaína que teriam cometido crimes de falsificação de documentos e emissão de CNHs.

Pela investigação, dada a partir de denúncia do  Ministério Público Estadual, as pessoas estariam pagando entre R$ 3 mil e R$ 4 mil, valor que incluía as taxas administrativas do Detran. Ainda de acordo com a investigação, CNHs foram emitidas sem que os candidatos a condutor tivessem que se submeter às provas teórico e prática, bem como ao curso de formação oferecido pelas autoescolas.

Para colher provas, o  Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual (Gaeco/MPE) , contou com a quebra dos sigilos telefônico e bancário dos envolvidos, bem como com a atuação de um agente infiltrado. Este conseguiu obter a CNH submetendo-se apenas à avaliação física e psicológica e ao exame de aptidão física e mental, sem passar pelas aulas oferecidas pela autoescola e pelas provas teórico e prática. A habilitação foi obtida com o intermédio de Gilmar Oliveira, da Autoescola Ideal.

VEJA TAMBÉM
Polícia Civil alerta sobre perigos do golpe do falso empréstimo consignado no TO

As auto escolas envolvidas são Auto Escola Opção, propriedade do vereador Gilmar Costa, e a Auto Escola Araguaia, cujo dono, Cleiton Coelho, também foi preso.

Policiais do GOTE estiveram na casa do parlamentar para realizar a prisão. Fora isso, uma segunda equipe cumpriu mandato de busca e apreensão no gabinete do vereador na Câmara Municipal de Araguaína.

Segundo integrante do MPE ao JM, a investigação não é relacionada a atividade do parlamentar Gilmar, mas referente à sua atuação enquanto empresário e proprietário da Auto Escola.

Saiba + Com a presença de Amastha, Wagner Enoque lança campanha em Gurupi

SAIBA +

Câmara de Araguaína aprova Moção de Aplausos a AD Madureira