Da Redação JM Notícia 

Beneficiários do programa Bolsa Família em Araguaína já podem se apresentar nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para realizar o acompanhamento do segundo semestre. As famílias têm até 30 de dezembro para atualizar as informações. Atualmente, nove mil famílias são beneficiadas pelo programa em Araguaína. Dessas, todas que possuem crianças menores de 7 anos e mulheres entre 14 e 44 anos devem realizar o monitoramento.

Para fazer o acompanhamento, o beneficiário deve ir à UBS à mais próxima de seu endereço, no período de 7 às 17 horas, e apresentar o cartão do programa e cartão de vacina atualizado. As gestantes também devem estar munidas do Cartão da Gestante.

De acordo com a coordenadora do Bolsa Família, Divina Pimenta, quanto antes se apresentar, menores são os riscos de ficar sem o benefício. O não-comparecimento resultará na suspensão do repasse.

“No primeiro semestre deste ano, pelo menos 200 gestantes perderam o benefício por falta de acompanhamento. As pessoas vão deixando para a última hora e acabam não fazendo. O prazo desse semestre é 30 de dezembro, mas os beneficiados devem se apresentar o quanto antes.”

VEJA TAMBÉM
Prefeitura de Palmas inicia elaboração do Plano Municipal da Primeira Infância

Para assegurar a continuidade do benefício, as famílias devem cumprir três determinações do Governo Federal: manter atualizado o cadastro de endereço na Assistência Social, frequência escolar na Educação, e acompanhamento de peso, altura e carteira de vacinação, além dos nascimentos, na Saúde. Comparecendo nas duas chamadas anuais, uma a cada semestre.

Repelentes para grávidas
O acompanhamento do programa também está sendo utilizado pelos coordenadores para atualização do número de gestantes, que receberão repelentes gratuitamente. Se a grávida ainda não foi à unidade, deverá ir o mais rápido possível, para atualizar os dados e garantir o produto que, após solicitação da Prefeitura, foi disponibilizado pelo Ministério da Saúde (MS).

O uso de repelentes é para a proteção contra o mosquito Aedes aegypti, transmissor do Zica vírus, dengue e Chikungunya. Com orientação médica, além do repelente, é importante que as grávidas coloquem cortinados nas janelas e fiquem longe de locais que possam ter o foco do mosquito.

Bolsa Família
O Programa Bolsa Família, do Governo Federal, tem como principal objetivo a transferência de renda para famílias em situações de vulnerabilidade social. Para que os beneficiários garantam o recebimento do incentivo, a família cadastrada deve estar ciente da sua responsabilidade na busca de melhorias e condições de saúde e nutrição. Por esse motivo, é importante que as famílias realizem o acompanhamento na UBS mais próxima da sua casa.

VEJA TAMBÉM
CDH da OAB presta solidariedade a familiares de PMs mortos e cobra concurso público

Contato
Em caso de dúvida, os beneficiários podem entrar em contato com a Atenção Básica da Secretaria Municipal da Saúde pelo telefone (63) 3411-7083 ou no endereço Rua Sete de Setembro, nº 555, Centro.