Da Redação JM Notícia

Em 2011, cinco cidades do Tocantins tinham plano de saneamento, em 2017 foram 62 cidades

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta quarta-feira (19), mais da metade dos municípios brasileiros não tinha plano de saneamento básico em 2017.

Dos 5.570 municípios brasileiros, apenas 41,5% afirmaram possuir Plano Municipal de saneamento básico que é o documento que traz o diagnóstico, objetivos e metas de universalização, entre outros conteúdos relacionados a este tema.

Já em relação a Política Municipal de Saneamento Básico (traça diretrizes gerais para os serviços), 38,2% dos municípios brasileiros informaram ter e 24,1% declararam estar elaborando. Em 2011, o percentual de municípios com Política Municipal de Saneamento Básico era de 28,2%.

Em 2017, apenas 17,2% dos municípios (958) afirmaram possuir um Conselho Municipal de Saneamento, sendo 816 exclusivos da área e 142 em conjunto com outras políticas. Em 2011, eram 195 municípios. Essas informações são do suplemento de saneamento básico da Munic 2017. A publicação completa e o material de apoio desta pesquisa estão à direita.

VEJA TAMBÉM
Em 10 ou 15 anos Brasil será um país de maioria evangélica, segundo IBGE

Número é maior que em 2011

Apesar dos números serem baixos, são maiores dos registrados em 2011, quando apenas 10,9% dos municípios brasileiros possuíam Plano Municipal de Saneamento Básico.

O Tocantins tem apresentado grandes avanços, em 2011, cinco municípios informaram ter plano, em 2017 62 informaram possuir plano de saneamento. O estado possui 139 municípios.