Da Redação JM Notícia

Baixinho da TecSat conseguiu um time de professores voluntários de Palmas

A Câmara Municipal de Colméia recebeu cerca de 80 estudantes do Ensino Médio para um Aulão Comunitário, um projeto organizado pelo vereador Baixinho da Tecsat com o objetivo de reforçar os conhecimentos dos alunos para provas do ENEM, vestibular, concursos públicos e outros projetos.

A equipe de professores voluntários foi formada por nomes como Cordeiro, Márcio Barcelos, Joana Inês, Ismael Armondes e Júnior Geo, professores de cursinhos de Palmas que apoiaram este projeto e foram até Colméia compartilhar um pouco de seus conhecimentos com os alunos.

Cerca de 80 estudantes do Ensino Médio estiveram na Câmara de Colmeia

Durante o Aulão Comunitário os estudantes aprenderam sobre Língua Portuguesa, Matemática, História, Geografia e Conhecimentos Gerais. “O aulão foi maravilhoso, os professores são maravilhosos. E são aulas como essas que colaboram com o nosso futuro e nossa entrada em faculdade para conseguirmos um ensino superior”, testemunha a aluna Samira Carreiro Barros, estudante do Colégio Estadual Serra das Cordilheiras.

Entre os professores voluntários estava Júnior Geo, vereador em Palmas

Este foi o 5º Aulão Comunitário realizado na cidade e teve o apoio das redes Municipal e Estadual de Colméia. A 6ª edição está marcada para acontecer em outubro, com foco na prova do ENEM.

VEJA TAMBÉM
Carlesse se compromete a implantar Fábrica de Cadeiras de Rodas para empregar cadeirantes

“O mais gratificante deste projeto é a satisfação de quem participado do aulão. Fico emocionado quando recebo uma mensagem de agradecimento de um de nossos participantes dizendo que fora ajudado em uma prova com assuntos que foram abordados pelo aulão”, declara Baixinho da TecSat.

Próximo Aulão acontecerá em outubro, com foco no ENEM 2018

Como organizador do projeto, o vereador se sente grato por ver o empenho dos voluntários em ajudar os estudantes da cidade. “É gratificante ver a dedicação dos professores que vem de outra cidade e de forma voluntária, dando o seu melhor, saber que existem pessoas assim nos dá uma injeção de ânimo para prosseguir”, declarou.