Da Redação JM Notícia

Geraldo Alckmin falou aos pastores durante a abertura da 14ª Expo Cristã

Durante o Café da Manhã de Pastores que aconteceu na manhã desta quinta-feira (27) em São Paulo, na abertura da 14ª Expo Cristã, o candidato à Presidência Geraldo Alckmin (PSDB) foi vaiado e ouviu gritos que chamavam pelo candidato Jair Bolsonaro (PSL).

A saia justa aconteceu porque o candidato tucano ao Governo do Estado, João Doria, apresentou seu colega de legenda como “próximo presidente” e o público reagiu contrariando a declaração e dizendo que Bolsonaro será o presidente.

Aos jornalistas, Alckmin declarou que a plateia estava dividida. “O que eu vi foi uma plateia bem dividida, é que você tem um pessoal mais ruidoso”, declarou ele sobre as vaias.

Magno Malta representa Jair Bolsonaro

Antes do presidenciável tucano falar aos pastores, o senador Magno Malta (PR-ES) conversou com os pastores e disse representar Bolsonaro que permanece internado no Hospital Albert Einstein.

Ovacionado pelos pastores, Malta falou contra a ideologia de gênero e alertou os pastores sobre a importância de eleger políticos que tenham o mesmo posicionamento moral a cerca dos valores cristãos.