Da Redação JM Notícia

Rebeca Lucena é filha de pastor e tem sido apresentada como candidata deste o começo do ano

Após apurações feitas com base em denúncias dos cidadãos, o Ministério Público Eleitoral em Pernambuco ingressou com uma representação contra a candidata a deputada estadual Rebeca Lucena de Souza Santos Dantas (PP) pela prática de propaganda eleitoral antecipada em igrejas.

Filha do pastor Roberto Santos, Rebeca foi apresentada como candidata em 8 de janeiro, durante culto onde os pastores Hilquias e Roberto José dos Santos apresentavam aos fiéis o “Projeto Consciência Cidadã”, declarando que a denominação teria uma candidata própria para ocupar uma vaga na Assembleia.

Saiba + Contra a ideologia de gênero, Eli Borges realiza hoje o lançamento da sua candidatura a deputado federal em Palmas

Ainda segundo o MPE, em 9 e 11 de agosto Rebeca voltou a ser apresentada como candidata aos fiéis, desta vez pelo pastor Josué que declarou durante o culto que “em outubro, você já sabe o que vai fazer porque você é crente, e crente é inteligente porque crente tem a mente de Cristo. Então ore, ajude, apoie e fale! Não fique calado, porque a vitória da igreja, a vitória do pastor, é a nossa vitória”.

Fazer propaganda eleitoral em igrejas e outros lugares de natureza de uso comum é proibido pela Lei 9.504/1997, no caso em questão, além de praticarem o crime de abuso de poder político por meio de religião, a igreja também cometeu o crime de propaganda antecipada, pois a divulgação eleitoral só é permitida após 15 de agosto. Com informações Blog do Jamildo

CONEMAD-TO sela apoio a Eli Borges para deputado federal e Filipe Martins para deputado estadual

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here