Pastor João Milton, presidente da AD Madureira em Araguaína, foi preletor do Congresso de Jovens e Senhoras. Foto: JM Notícia

Pastores e líderes evangélicos reconhecem a urgente necessidade da igreja evangélica no país se dar mais em oração para que possa vencer as guerras espirituais para a qual fora chamada. Foi nessa mesma proposta que o sermão do pastor João Milton Moreira, presidente da AD Madureira na cidade de Araguaína, norte do Tocantins, impactou os ouvintes presentes no Congresso de Jovens e Senhoras da igreja local.

Aplicando o texto do livro bíblico do profeta Joel (Jo 3.14), o líder tocantinense rogou aos aos seus ouvintes sobre a necessidade de os cristãos tomarem a decisão positiva de se consagrarem mais a Deus por meio da vigilância e da oração.

Eu posso hoje aqui nesta manhã, pelo Espírito de Deus, ouvir a voz de Deus chamando o povo ao arrependimento, essa geração ao arrependimento, a Igreja ao arrependimento, para que possamos gozar do privilégio de estar com o nosso Senhor!“, apregoou o pastor Milton.

Lamentação

O pastor ressaltou, ainda na introdução do sermão, um lamento que é compartilhado por muitos outros líderes, que é o fato da igreja hodierna não ser tão dada a oração e isso o motivo de tantas mazelas nos arraiais evangélicos de nosso país.

VEJA TAMBÉM
Natal Luz dará desconto no IPTU para as decorações de Natal mais bonitas de Araguaína

Leia também

Jovem revela que oração o levou a sobreviver 49 dias à deriva em alto mar

CGADB emite nota, diz que o Brasil vive uma crise moral e lança campanha de oração

É hora de tomarmos a decisão! Estamos no momento de tomar a decisão como diz o texto (Joel 3,14). Ou você serve a Deus de verdade, ou você é d’Ele ou você não é. Ou você serve a Deus ou serve o mundo. Ou você agrada ao mundo ou a Deus. Ou é de Jesus ou do Diabo“, disparou.

Gomes ainda usou de um alerta mais grave para despertar a igreja que ouvia seu sermão e disse que além da constante vigilância requerida aos servos de Deus, urge mais fervor e consagração do povo de Deus no quesito da oração.

Nós precisamos orar, porque a oração nos fortalece, a oração nos dá poder, nos aproxima de Deus. Nós estamos vivendo uma oração que não ora. Nós queremos muito ser abençoados, ver o pregador, o pastor, o missionário colocar as mãos em nossas cabeças e nos abençoar. Mas deixa eu dizer para você: ‘você tem que orar!'”, bradou o pregador.

VEJA TAMBÉM
Faculdade Católica Dom Orione sedia evento do Programa Trabalho Seguro nos dias 10 e 11 de outubro de 2019

Assista o sermão no vídeo abaixo: