Barra da Grota: Carlesse pede prioridade no resgate dos reféns

A professora Elisângela Mendes Sobrinho, de 43 anos, e o chefe do plantão Roberto Aires continuam reféns dos criminosos.

Da Redação JM Notícia

Professora Elisângela Mendes Sobrinho, de 43 anos, ministrava aulas aos detentos quando a rebelião começou

O governador Mauro Carlesse realizou uma reunião com o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras, e o com os secretários da Casa Militar, coronel Silva Neto; e da Casa Civil, Rolf Vidal, no Hangar do Estado. Em seguida, os secretários e o comandante-geral seguiram para Araguaína onde acompanham a operação de buscas pela professora Elisangela Mendes e do servidor Roberto Aires.

Ao fim da reunião no Hangar do Estado, o Governador Mauro Carlesse se dirigiu para o Palácio Araguaia onde acompanha todos os fatos relacionados ao ocorrido em Araguaína, bem como, os demais assuntos relativos à gestão estadual.

Com a morte confirmada de nove fugitivos, a Secretaria de Segurança Pública confirmou também que dois reféns foram feridos e estão sob cuidados médicos no Hospital Geral de Araguaína. A professora Elisângela Mendes Sobrinho e do servidor Roberto Aires continuam reféns dos criminosos.

O governador recomendou que a prioridade é resgatar os reféns e negociar um fim pacífico para a rebelião. Todas as forças policias da região estão mobilizadas nesta operação, sendo posicionadas estrategicamente visando o desfecho positivo da situação.