Da Redação JM Notícia

Pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da Assembleia de Deus em Alagoas

O pastor José Orisvaldo Nunes de Lima, presidente da Assembleia de Deus de Alagoas, gravou um vídeo para poder explicar a determinação assinada por ele para que as igrejas de Maceió fiquem fechadas no próximo domingo (7), dia de eleição.

O vídeo foi gravado para acabar com as especulações de que o líder temia confusões pelo processo eleitoral. Ao contrário disso, o pastor se mostrou preocupado com os membros e obreiros que serão mesários e aqueles que precisam ir para outras cidades para cumprir com a obrigação eleitoral.

“Muitos irmãos trabalham para a Justiça Eleitoral, sendo convocados para atuarem como mesários. Outros precisam esperar por várias horas nas filas e tem alguns tantos que necessitam viajar para conseguir votar. Exclusivamente por estes motivos, decidimos tomar esta decisão”, disse o pastor.

As igrejas do interior estão livres para decidir se abrirão ou não do dia da eleição. “O domingo fica livre para os irmãos exercerem o direito de votar e da cidadania”, completa o pastor presidente.

VEJA TAMBÉM
Presidente da CGADB lamenta falecimento do pastor Gilberto Malafaia: "Deixa uma lacuna no cenário das AD's no Brasil"

O culto de domingo será celebrado no sábado a noite, e no mesmo dias, às 12h, acontecerá um culto especial de jejum e oração pelo Brasil, uma campanha realizada por todas as Assembleias de Deus para interceder pelo futuro da Nação Brasileira.

Assista: