Da Redação JM Notícia

Apesar de as convenções CONEMAD-TO, COIMADETINS, CADETINS e CIADSETA, terem lançados os seus representantes a deputado estadual, nenhum deles alcançou sucesso nas urnas e o Tocantins ficará sem representante evangélico no parlamento estadual a partir de 2019, tendo em vista que o pastor Eli Borges foi eleito deputado federal.

A CONEMAD-TO no Estado comandada pelo pastor Amarildo Martins, lançou o vereador de Palmas, Filipe Martins, que obteve a expressiva votação de 13.137 votos, ficando na 3ª suplência de sua coligaçã

Vereador Filipe Martins

o. Alguns líderes atribuem a não eleição do vereador palmense, ao pastor João Gomes Feitosa, líder da AD Madureira de Gurupi, que lançou o diácono Edinho Fernandes a deputado estadual que também não foi eleito, mas, obteve a suplência em sua coligação, com 8.328 votos.

Outro candidato a deputado estadual de dentro da AD Madureira, foi o vereador de Paraíso do Tocantins que não foi eleito. Ele obteve 1.605 votos.

Edinho Fernandes, foi candidato apoiado pela AD Madureira de Gurupi -TO

A Convenção Ciadseta que possui mais de 50 mil membros no Tocantins também não obteve êxito com o seu candidato a deputado estadual. Pastor Joaquim Alves conquistou apenas 4.566 votos.

VEJA TAMBÉM
Amastha reconsidera e volta a ser candidato ao Governo do Tocantins

A COIMADETINS, liderada pelo pastor Claudemir Lopes, lançou o diácono Hélio Santana, que também não foi eleito. Ele obteve 5.221 votos e como é o 1º suplente do vereador Léo Barbosa, eleito deputado estadual mais votado do Tocantins, Hélio Santana deve assumir a cadeira no parlamento municipal em 2019.

A Cadetins, do pastor Jurandir Oliveira, lançou o vereador de Araguaína professor Delan, que saiu das urnas com 2.361 votos.

Vale ressaltar que, há 16 anos, a AL-TO sempre contou com um representante legítimo dos cristãos, que no caso era o deputado Eli Borges.

O que se deve refletir é o que aconteceu para que os cristãos do Tocantins amargassem essa derrota ao parlamento estadual, tendo em vista que o Estado possui mais de 350 mil evangélicos. Faltou unidade? faltou bom senso? faltou trabalho? faltou recursos financeiros? faltou planejamento ou….???

 

Eli Borges é eleito deputado federal com mais de 48 mil votos

O pastor Eli Borges (SD) foi eleito a deputado federal pelo Tocantins conseguindo a votação expressiva de 48.812 mil votos, o que representa 6,82% dos votos válidos, sendo o quarto candidato com maior número de votos no Estado. Eli Borges é conhecido como um parlamentar conservador, defensor da família, contra a ideologia de gênero e contra a alta carga tributária.

VEJA TAMBÉM
Marcelo Miranda inaugura reforma e ampliação de escola em Pugmil

Essa foi a primeira vez que Borges, que está em seu quarto mandato como deputado estadual, tenta disputar uma vaga na Câmara dos Deputados e conseguiu votos suficientes para sentar em uma das oito cadeiras destinadas ao Tocantins.

Acompanhado de familiares, amigos e assessores, Eli Borges comemorou a vitória e agradeceu o apoio recebido dos eleitores que confiam na sua história e nas bandeiras que ele levanta.

“A sensação de vitória é muito boa, sobretudo, com a percepção que a honestidade e a defesa da família, que são bandeiras que eu defendo, são apoiadas por milhares de pessoas”, disse Eli Borges ao JM Notícia.

Recebendo muitas ligações e carinho de amigos de todo o Estado, Eli Borges não conseguiu atender a todos. “A expressão que define tudo é obrigado e a continuação do compromisso que assumi durante a campanha”, declarou.