Da Redação JM Notícia

Deputados federais votam durante sessão da Câmara (Foto: Divulgação)

O índice de renovação na Câmara dos Deputados nesta eleição foi de 47,37%, segundo cálculo da Secretaria-Geral da Mesa (SGM). Foram eleitos 243 deputados “novos” (de primeiro mandato). Foram reeleitos 251 deputados, de um total de 444 candidatos à reeleição. Ou seja, 56,5% dos deputados que se candidataram à reeleição foram reeleitos. Também foram eleitos 19 ex-deputados de legislaturas anteriores (3,7%).

Nas últimas cinco eleições, o percentual de renovação na Câmara ficou abaixo de 40%, de acordo com os dados da SGM. A média de 2002 até 2014 foi de 37,5%. As eleições com o menor índice de renovação foram as de 1998 e 2002, ambas com 36%. Até então, a eleição com maior número de novos rostos havia sido a de 2014, com 39% de renovação.

Esses índices levam em consideração todos os deputados titulares e os suplentes que assumiram o mandato em algum momento da legislatura, num total de 612.

Renovação por partido
O PSL foi o partido que ganhou mais deputados novos, 47 de uma bancada de 52 parlamentares. Em segundo lugar ficou o PRB (18 novos parlamentares), seguido por PSB (16), PT (15), PSD (14), PP e PDT (12 cada) e DEM (10). Os outros partidos elegeram menos de dez novos deputados.