Da Redação JM Notícia

Ivory de Lira e Léo Barbosa foram eleitos como deputados estaduais

Durante a sessão ordinária da Câmara de Palmas desta terça-feira (9) os vereadores comentaram os resultados das urnas nas eleições gerais do último domingo (7), sobretudo a eleição dos quatro vereadores da capital que foram eleitos como deputados estaduais: Ivory de Lira (PPL), Vanda Monteiro (PSL), Léo Barbosa (SD) e Professor Júnior Geo (PROS).

O primeiro a discursar foi Ivory de Lira, que agradeceu a todos os eleitores que confiaram em sua história política que começou em Miracema.

Ao comentar sua trajetória, como vereador desde 1997, Ivory declara que há muito mais para ser feito por Palmas e por todo o Tocantins. “Estou registrando aqui, ao longo desses anos, a minha felicidade de poder contribuir [com as melhorias de Palmas]”, disse.

O vereador Filipe Martins (PSC), que não conseguiu ser eleito, mas será o terceiro suplente de deputado estadual, foi o segundo a discursar e agradecer à Deus e todos que apoiaram sua candidatura.

“Não obtivemos exito, mas tivemos a confiança de mais de 13 mil eleitores do Estado do Tocantins”, disse o parlamentar ao se comprometer em continuar na defesa da família, contra a ideologia de gênero e contra a erotização de crianças.

VEJA TAMBÉM
"Continuar votando nas pessoas erradas é falta de responsabilidade”, alerta Ataídes

“Quero dizer que o processo eleitoral continua, quero registrar aqui o nosso voto, o nosso empenho, para o presidente da República Jair Bolsonaro”, disse Filipe Martins ao encerrar seus agradecimentos.

O vereadores Vandim do Povo (DC) e Milton Neris (PP) parabenizaram os vereadores da capital que conseguiram se eleger. Neris também comentou sobre o segundo turno da eleição presidencial, também declarando o seu apoio a Jair Bolsonaro. “Bolsonaro não é o Messias, mas é o homem escolhido por Deus para transformar o Brasil”, declarou.

O vereador Lúcio Campelo (PR) parabenizou seus colegas, não apenas aos que conquistaram as vagas, mas aos que tiveram apoio da população, mas não conseguiram se eleger, incluindo o senador Vicentinho Alves (PR) que não foi reeleito.

Como parte importante da oposição ao então prefeito Carlos Amastha (PSB), Campelo aproveitou para comemorar a derrota nas urnas do ex-prefeito da capital que não conseguiu se eleger como governador do Estado.

“Aqui se planta, aqui se colhe. O resultado das urnas do dia 7 é resultado da sua arrogância e da sua prepotência. Que Deus abençoe o senhor, Carlos Amastha, e que te faça ser uma pessoa melhor”, declarou Lúcio Campelo.

VEJA TAMBÉM
Wanderlei Barbosa visita municípios e se reúne com apoiadores

O vereador Léo Barbosa, eleito como o deputado estadual mais votado no Tocantins, comentou que visitou o Tocantins todo e agradeceu a todo o apoio que recebeu.

“Ser o vereador mais votado e o deputado mais votado não me envaidece. O que vai me diferenciar é o que eu vou fazer como deputado pelo Tocantins. Vou buscar fazer um mandato responsável, mas de muita coragem”, disse.

Léo Barbosa agradeceu o apoio e empenho de sua família, principalmente de seu pai, vice-governador Wanderlei Barbosa, e do seu tio, o também vereador Marilon Barbosa, que o ajudaram durante a campanha.

“Eu só vou honrar a minha história se eu trabalhar para escrever uma nova história para o povo do Tocantins”, disse o deputado eleito. “Vou cobrar o Governo de ações, políticas públicas eficientes e recursos chegando na nossa Capital e nos municípios tocantinenses”.