Da Redação JM Notícia 

Imagem retirada de um vídeo compartilhado via WhatsApp

Doze reeducandos do presídio de Barra da Grota permanecem foragidos após uma semana de fuga. Dos 28 detentos que escaparam após uma rebelião, nove foram mortos em confronto com a polícia, um se entregou após ficar ferido e seis foram capturados.

O delegado da Polícia Civil, Bruno Boaventura, diz que equipe perdeu o contato com fugitivos, mas comemora o resgate dos quatro funcionários do presídio que foram feitos reféns.

“As diligências foram bem frutíferas porque conseguimos tirar das mãos dos bandidos todos os reféns e após um confronto com a polícia, nove deles faleceram. Após isso, continuamos o cerco ininterrupto, mas após isso nós perdemos o contato com os presos, contato visual e contato de informações”,  declarou ele ao G1 Tocantins.

Boaventura explicou ainda que as buscas continuam e que a Polícia tem uma estratégia montada para conseguir recapturar os foragidos.  “A gente parte para uma outra linha de buscas, que é um trabalho de inteligência da Polícia Civil, que irá fazer o contato com outros locais, com outras delegacias e também a gente tem uma gama de equipamentos, de materiais que podem nos ajudar a encontrar esses foragidos, até mesmo em outros estados próximos”.

VEJA TAMBÉM
Em Araguaína, PT declara apoio à reeleição de Ronaldo Dimas (PR)