Da Redação JM Notícia 

Cartazes com “Fora Jr” e “Fora oportunistas” foram levados pelos manifestantes

Durante o evento de apoiadores de Jair Bolsonaro (PSL) em Palmas na noite desta quarta-feira (10), o deputado federal Vicentinho Júnior (PR)  foi alvo de protestos de um grupo de bolsonaristas contrários a participação dele na coordenação da campanha durante o segundo turno.

Com cartazes de “Fora Jr” e “Fora oportunistas” o grupo questionou o advogado César Simoni e o presidente do PSL no Tocantins, Antônio Jorge, sobre o envolvimento de políticos tradicionais do Estado na campanha, nomes como o de Vicentinho Júnior que não defende as mesmas pautas que Bolsonaro e, inclusive, teria  votado contra o impeachment de Dilma Rousseff.

 

Ao confirmar a participação de Magno Malta no evento, César Simoni declarou ao JM Notícia que Vicentinho Júnior não estava assumindo a campanha, apenas apoiando o candidato e teria feito o convite para que o senador capixaba, que é do seu partido, estivesse representando Bolsonaro.

Cerca de 400 pessoas estiveram na ATM, em Palmas, participando do evento. Entre eles o deputado federal eleito Eli Borges, o vereador Filipe Martins, apóstolo Sérgio Paulo Guimarães, Vicentinho Júnior, pastor Amarildo Martins, entre outras lideranças.