Da Redação JM Notícia 

Nesta semana, uma técnica da instituição avaliou ações desenvolvidas nas unidades escolares municipais ( Foto: Marcos Filho Sandes/ Divulgação)

A agente técnica do Instituto Ayrton Senna Valdete de Assis Pinheiro esteve, durante a última semana, em Araguaína, visitando a Secretaria Municipal da Educação e unidades escolares de Araguaína, para acompanhar e avaliar as atividades pedagógicas que o Município desenvolve junto aos alunos do Ensino Fundamental 1 e 2, por meio da Rede de Gestores. Além de Araguaína, outros  13 Municípios do país e mais o Estado do Rio Grande do Sul integram a Rede de Gestores.

Durante a visita, Valdete de Assis Pinheiro acompanhou a adequação do novo currículo junto ao Comitê Gestor, que passará a ser aplicado a partir de 2019 em todas as unidades de ensino. “Esse currículo que está sendo construído, com base nas diretrizes e normas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), subsidiará o atendimento dos segmentos 1 e 2”, destacou.

Ainda de acordo com a técnica, o novo currículo possibilitará a implantação da Educação Integral, implementando novas diretrizes metodológicas e pedagógicas, tendo em vista o desenvolvimento de habilidades socioemocionais e cognitivas dos alunos.

Parceria de sucesso

A parceria da Prefeitura com o Instituto Ayrton Senna possibilita a articulação de ações e a troca de experiências sobre atividades desenvolvidas com alunos do Ensino Fundamental, no combate à distorção idade/série, além daqueles que apresentam dificuldades na aprendizagem.

VEJA TAMBÉM
Termina hoje o prazo de inscrições para o Sisu; TO tem 320 vagas

Mais de 20 mil alunos são atendidos pelo programa de Correção de Fluxo, alfabetizando crianças de todas as regiões da cidade por meio do convênio com o Instituto Ayrton Senna. As atividades são desenvolvidas por meio dos programas Gestão Nota 10 e Correção de Fluxo, conhecidos como Acelera e Se Liga.

Por meio do convênio, Araguaína conseguiu reduzir o índice de distorção idade/série do Ensino Fundamental 1 (do 1º ao 5º ano) de 6% para 3.8%. “A parceria com o Instituto Ayrton Senna é de suma importância para Araguaína. Temos investido muito para oferecer uma estrutura funcional significativa, capacitação profissional, além de todo o acompanhamento na busca pela excelência na educação dos nossos alunos”, disse o secretario municipal da Educação, Jocirley de Oliveira.

Mais conquistas

Como resultado dos investimentos feitos na melhoria das condições de trabalho e também na valorização dos professores, o Município tem sido premiado a nível nacional pela evolução nos seus índices educacionais, com o Prêmio Excelência em Educação, recebido do Instituto Ayrton Senna em 2015, e o Prêmio Excelência em Gestão Pedagógica e em Infraestrutura em 2016.

Desde 2013, a Prefeitura destina anualmente cerca de 40% do orçamento do Município na Educação. Com as novas instalações da creche Nossa Senhora dos Milagres, do Setor Itaipu, e a nova unidade do Setor São Miguel, que deve ser entregue no final do ano, o número de vagas mais que dobrou em Araguaína, de 12 para 25 mil. Investimentos de mais de R$ 30 milhões na Educação entre recursos federais e municipais.

VEJA TAMBÉM
Governador cumpre agenda em Araguaína e Paraíso nesta sexta-feira

Desde o início da gestão Dimas foram ampliadas e reformadas 19 unidades de ensino, seis reconstruídas e 13 novas foram entregues para a comunidade com padrão de excelência. Todas as salas de aula da Rede Municipal de Ensino, urbanas e rurais, são climatizadas com ar-condicionado.

Neste ano, a Educação de Araguaína alcançou metas importantes e de grande relevância dentro do processo de ensino aprendizagem. Uma delas foi a superação da meta do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) de 2017. Araguaína teve média de 5.9 pontos na formação das séries iniciais (4º e 5º ano), ultrapassando os 5.8 pontos estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC). A Escola Municipal Benedito Canuto Braga, do Setor Couto Magalhães, foi destaque no Ideb 2017, atingindo média de 6.9, acima da meta estipulada para 2019, que é de 6.1.