Da Redação JM Notícia

Cid Gomes perdeu a linha ao ser vaiado pelos petistas

Circula nas redes sociais trechos do discurso de Cid Gomes, senador eleito pelo PDT do Ceará, que discursava na noite desta segunda-feira (16) em um comício do PT, onde o irmão de Ciro Gomes discute com manifestantes e acaba declarando que Fernando Haddad perderá para Jair Bolsonaro.

Cid Gomes dizia que o Partido dos Trabalhadores precisa avaliar seus erros e assumir o “mea culpa”. “Tem que fazer um mea culpa. Tem que pedir desculpas. Tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muita besteira”, disse.

Os correligionários começaram a vaiar e o senador eleito levantou o tom de voz e chamou alguns dos petistas mais fervorosos que gritavam contra ele de “babacas”.

“É assim, é. Pois tu vai perder a eleição. E é bem feito perder a eleição e vão perder feito. Porque fizeram muita besteira. Porque aparelharam as repartições públicas. Porque acharam que eram donos de um país, e o Brasil não aceita ter dono. O Brasil é um país democrático. Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras, que acham que são donos da verdade, que acham que podem fazer tudo. Que acham que o fim justifica os meios”, completou.

VEJA TAMBÉM
Senador Ataídes recebe apoio do presidente da Câmara de Vereadores de Porto Nacional

O grupo começou a gritar pelo nome de Lula, e Cid Gomes foi ainda mais severo: “Lula tá preso, babaca” e para encerrar, declarou: “Isso é o PT. E o PT desse jeito merece perder.”

Assista: