Os pastores Georgeval Alves Gonçalves e Juliana Pereira Salles Alves compareceram à audiência de instrução e julgamento marcada pela Justiça na manhã desta terça-feira (23), em Linhares, região Norte do Estado. A sessão foi realizada no Fórum Desembargador Mendes Wanderley, no bairro Três Barras.

Foi a primeira vez que o casal ficou frente a frente após ser acusado pelas mortes
de Joaquim Salles Alves, de 3 anos, e Kauã Salles Butkovsky, de 6 anos. George é pai de
Joaquim e padrasto de Kauã. Juliana é mãe dos dois meninos, que morreram na madrugada do dia 21 de abril deste ano na casa onde moravam com a mãe e o pastor, no Centro do município.

Manifestantes pedem justiça para casos de abuso sexual infantil, no ES — Foto: Kaio Henrique/ TV Gazeta

Um forte esquema de segurança foi preparado para receber os réus. Por volta das 12h30, o pastor Georgeval passou por um dos corredores internos do Fórum, que conseguia ser visto pela parte externa do local. Não há informações de para onde ele seria levado.

Pastor é visto em audiência no Fórum de Linhares — Foto: Frideberto Viega/ TV Gazeta

Quando o pastor passou, os manifestantes ficaram exaltados e aumentaram os pedidos por justiça.

Testemunhas que estiveram na sala de audiência disseram que Georgeval não esteve no local. Apenas Juliana, que parecia abalada.

A presença de Juliana e George não é obrigatória. Como são réus, é um direito que
eles participem da audiência. A assessoria do TJES confirmou que a presença deles foi
requisitada pelo juiz à Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), a quem compete fazer a
segurança dos réus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here