Da Redação JM Notícia

Pastor Aluízio Silva e pastor Marcelo Almeida, fundadores da Igreja Videira. Foto: Reprodução

Crises dentro denominações cristãs acontecem uma vez ou outra, pois estas não estão imunes a conflitos administrativos, teológicos ou outro qualquer. Igreja Batista, Assembleia de Deus, Presbiteriana, entre vários outras denominações, já passaram pelo dissabor de ter que enfrentar uma crise entre seus líderes. A denominação da vez, é a Igreja Videira.

A Igreja Videira foi fundada em Goiânia, Goiás, em 1997, pelo pastor Aluízio A. Silva e pastor Marcelo Almeida. Em todo o mundo atualmente, possui 900 igrejas e mais 400 filiadas.

Fim de uma parceria

Segundo noticiado pela mídia local da cidade de Goiânia, sede nacional da Igreja Videira, os fundadores e principais pastores da denominação, Aluízio Silva e Marcelo Almeida, líderes respeitados no país, romperam o relacionamento ministerial após duas décadas de caminhada juntos.

Jovens que participavam do Radicais Livres 2018 oraram por Bolsonaro

O JM Notícia entrou em contato com um fiel, que atua como líder de grupos dentro da denominação, e as informações do desligamento do pastor Marcelo foram confirmadas. Sobre a especulação de que este, que atualmente atua no ministério nos EUA, fundaria outra denominação, nossa fonte disse que desconhece tal afirmação.

Explicações

Nas redes sociais, correm duas notas supostamente atribuídas aos pastores Aluizio e Marcelo, onde ambos dão suas versões do rompimento, mas a fonte consultada pelo nossa equipe não confirmou a autenticidade das mesmas, e também nada consta sobre elas nos portais oficiais da denominação. Nas redes sociais dos pastores também não foi publicado nada sobre o fato.

VEJA TAMBÉM
Evangélico, cantor Wesley Safadão recebe pastor em casa para cultos

“As notas não sei onde foram disponibilizadas, mas isso ai tudo é verdade”, disse o fiel.

Confira as notas:

Queridos irmãos, há alguns meses atrás, o Pr Marcelo pediu um tempo sabático, o que foi aceito por nós do conselho apostólico. Agora, no dia 17/10/2018, o Pr Marcelo, encaminhou o comunicado do seu desligamento da igreja Videira/Vinha a esse mesmo conselho.
O Pr Marcelo é alguém que nós respeitamos muito e reconhecemos seu imenso trabalho e fruto produzido em nosso meio. No entanto, ele entende que é o momento de um novo tempo em sua vida e seu ministério e entende que, em função disso, não deve estar mais na Videira e nem na Vinha. Estou profundamente triste e perplexo com toda essa situação. Só posso abençoar o Pr. Marcelo nesse seu novo tempo. Desejamos que o Senhor possa fortalecê-lo nessa nova etapa de sua vida. Pr. Aluizio A. Silva“, diz a nota atribuída ao pastor Aluísio.

Já o comunicado atribuído ao Pr Marcelo tem o seguinte conteúdo:

Queridos irmãos do conselho apostólico, há alguns meses atrás, eu pedi um tempo sabático. Fiquei feliz em encontrar apoio de vocês para tal pedido. No entanto, nesse período já decorrido, eu concluí que não estou em condições de estar fazendo parte do mesmo ministério que os irmãos na condição que me encontro.
Assim, eu peço o meu desligamento da Vinha e da Videira de forma definitiva. Preciso de tempo de solitude com o Senhor, desprendido de qualquer vínculo, para que possa ajustar tudo o que for necessário para um novo tempo na minha vida.
Quero deixar claro que não estou abrindo nenhuma outra obra e muito menos gerando uma dissidência na obra que ajudei a edificar. Muito pelo contrário, dei meus melhores dias nessa obra e jamais faria algo para prejudicá-la. Esse será um tempo somente meu.
Também não posso deixar de enfatizar que jamais me senti impelido, ou pelo pastor Aluízio, ou pelo conselho apostólico, ou por qualquer outro membro da Vinha/Videira a me afastar. O que estou fazendo é puramente por motivos de foro íntimo. É uma decisão completamente minha. Quero agradecer todo investimento, apoio e amizade dos irmãos. Somos irmãos, comprometidos, e continuaremos a ser companheiros de eternidade. Só tenho a agradecer aos irmãos. Muito obrigado. Pastor Marcelo Almeida

VEJA TAMBÉM
Jovens que participavam do Radicais Livres 2018 oraram por Bolsonaro

Futuro da Videira

A denominação, que segue o modelo em células e que foi grande responsável pelo crescimento desse método no país tendo em vista seu exemplo de expansão, certamente, sob comando dos demais líderes seguirá aumentando o número de fiéis no país, pois tem uma estrutura consolidada de liderança.