Da Redação JM Notícia 

Jair Bolsonaro (PSL) se tornou o presidente do Brasil com mais de 57 milhões de votos obtidos neste domingo. Seu oponente,  Fernando Haddad (PT), teve 47 milhões de votos e não conseguiu se eleger.

Ao separar as votações por Estado, é possível ver claramente que o eleitor tocantinense mudou de voto quando comparamos os resultados do primeiro e do seguro turno.

No primeiro turno Bolsonaro foi vencedor no Tocantins com  337.782, o que representa 44,64% dos votos. Haddad teve 311.212, 41,12% dos votos.

Já no segundo turno, Haddad conseguiu vencer em 111 dos 139 municípios do Estado e o resultado final foram 371.593 votos para o candidato petista, o que representa 51,02%, enquanto que Bolsonaro teve 356.684 votos, 48,98% neste segundo turno.

A diferença de votos pode estar diretamente ligada à campanha eleitoral na TV e rádio que foram bem críticas a Bolsonaro. O material desenvolvido pelo PT tentou desmoralizar seu opositor frente a opinião pública,  ao mesmo tempo que Haddad fazia promessas impossíveis de serem cumpridas como aumentar o salário mínimo logo no dia 1°de janeiro com um valor acima da inflação,  aumentar o Bolsa Família em 20% e reduzir o valor do gás de cozinha. As duas primeiras promessas precisam passar pelo Congresso e estar dentro da Lei de Diretrizes Orçamentárias e Lei Orçamentária Anual que para 2019 já foram definidas pelos parlamentares.

Dos 1.039.178 eleitores do Estado, 258.102 não compareceram às urnas, 45.111 votaram nulo e 7.688 escolheram votar em branco.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here