Da Redação JM

O candidato derrotado do PSDB, Geraldo Alckmin, ainda não cansou de passar vergonha. Com uma campanha que gastou cerca de 60 milhões de reais, saiu da corrida eleitora pior do que entrou. E agora, já com Jair Bolsonaro eleito, se junta ao PT para ficar na oposição.

Na noite desta segunda-feira, 29, usou o twitter para reclamar da fala de Jair Bolsonaro durante entrevista ao Jornal Nacional.

+ “Já tive depressão”, declara Marco Feliciano ao comentar polêmica sobre a enquete

“Os ataques feitos hoje pelo futuro presidente à Folha de São Paulo representam um acinte a toda a Imprensa e a ameaça de cooptar veículos de comunicação pela oferta de dinheiro público é uma ofensa à moralidade e ao jornalismo nacional.”, disse.

Para ele, Bolsonaro “Começou mal. A defesa da liberdade ficou no discurso de ontem.”.

Feliciano rebate

Marco Feliciano, amigo de Bolsonaro, rebateu a fala de Alckmin e alfinetou o motivo de sua crítica.

“Ex governador com todo respeito q lhe tenho, onde errou preside eleito democraticamente? Dizer q não vai liberar dinheiro do contribuinte pra pois ela se esmerou em produzir e divulgar fale news? Ele acertou! Menos recalque, para que tá feio.

VEJA TAMBÉM
Conexão Repórter: imagens de câmeras de segurança contradizem acusação contra Feliciano