Da Redação JM Notícia

O líder do governo de Adara, na Nigéria, Maiwada Galadima, estava sequestrado há algumas semanas e agora seu corpo foi encontrado, confirmando assim mais uma vítima dos conflitos políticos e religiosos que assolam o país.

Galadima era cristão, assim como toda a sua família. Seu corpo foi encontrado na última sexta-feira (26) jogado à margem de uma estrada no vilarejo de Kateri, conhecido por uma grande quantidade de sequestros.

A família do líder político chegou a pagar o resgate, mas o homem não foi poupado da morte. A esposa de Galadima e o motorista do casal, que também estavam sob domínio dos criminosos, foram libertados posteriormente.

Não é possível afirmar que o sequestro e a morte do líder político tenha relação com sua crença, há vários fatores que podem ter contribuído para o crime, inclusive a tentativa de criar uma instabilidade por conta das eleições que acontecerão no país no ano que vem.

Ao comentar sobre a morte do líder político, um oficial do governo disse que Galadima era um homem de bem, que contribuiu para a paz e tranquilidade na região de governo e todo o estado de Kaduna.