Da Redação JM Notícia 

Palácio do Araguaia, sede do Governo do Tocantins

Através de  decretos publicados no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (6), o governo extinguiu 294 contratos temporários nesta terça-feira (6), sendo a maioria de professores da educação básica e auxiliares de serviços gerais.

Entre os exonerados estão 18 mulheres, que  licença maternidade terminou e não voltarão a trabalhar, pois os contratos foram encerrados.

Na área da saúde foram encerrados contratos de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e até auxiliares de limpeza hospitalar, o que pode impactar no atendimento dos hospitais.

Conforme os decretos que foram assinados pelo secretário de Administração, Edson Cabral de Oliveira, as exonerações ocorreram devido término dos contratos temporários.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here