Da Redação JM Notícia

Rhaday Batista ao lado do pai, pastor Cleudes, assessor do Deputado Estadual Eli Borges (SD).

Foi morto na noite desta quinta-feira (08), em Palmas, Rhaday Batista Rocha, 19 anos,  soldado do 22º Batalhão de Infantaria do Exército, durante um assalto na 906 sul, região sul da Capital. Rhaday Batista era membro da Assembleia de Deus Madureira em Palmas e estava no Exército há dois anos como soldado.

Segundo as primeiras informações, o crime aconteceu por volta das 22h, quando ele foi  abordado por dois criminosos, que estavam em outra motocicleta. O militar teria reagido ao assalto e levou um tiro e os criminosos fugiram levando a moto XTZ de cor azul do militar.

O socorro foi acionado e constatou a morte do militar ainda no local. Segundo informações de amigos da família, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Palmas.

Até o momento os suspeitos não foram presos.

Rhaday Batista é fillho do pastor Cleudes Gomes Rocha, assessor do Deputado Estadual Eli Borges (SD).

Conselho de Pastores lamenta

Em nota, o Conselho de Pastores de Miracema, lamentou a perda tão repentina do jovem evangélico que seguia carreira no Exército Brasileiro. “Que Deus fortaleça e conforte nosso amado colega de ministério e sua família neste momento de dor”, disse o pastor Marcelo Borges.

Senado aprova aumento e ministros do STF passarão a receber R$ 39 mil mensais