Da Redação JM Notícia 

Governador Flávio Dino (PCdoB) 

 

Nesta segunda-feira (12), o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), assinou um decreto contra o projeto Escola Sem Partido e garantindo a liberdade de expressão dos dos professores nas escolas da rede estadual.

Com o nome de  “Escolas com Liberdade e Sem Censura”, o decreto proíbe as filmagens das aulas pelos alunos, o que na visão do governador se trata de uma ação “autoritária e incompatível com a Constituição”.

O decreto do governador é uma resposta à deputada federal eleita Ana Caroline Campagnolo (PSL-SC) que pediu aos alunos que filmassem os professores considerados “doutrinadores” e que tivessem “manifestações político-partidárias que humilhem ou ofendam o direito de liberdade de crença e consciência.”

O projeto Escola Sem Partido visa coibir a exposição de “concepções ideológicas” nas salas de aula. Todos os pontos do projeto estão de acordo com a Constituição Federal e com tratados internacionais que o Brasil é signatário.