Da Redação JM Notícia

Através do Twitter, o pastor Ricardo Gondim se posicionou favoravelmente à invasão de propriedade privada, ação comum de  movimentos sociais como o Movimento dos Sem Terra (MST) e Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MTST).

Na visão dele, se trata de “uma questão humana” permitir que famílias sem casa invadam propriedades desocupadas ou abandonadas. “Se existe um prédio desocupado, abandonado, esquecido, e uma família morando na rua. É imoral essa família procurar abrigo nesse prédio?”, questiona o pastor ligado à esquerda política.

“Estou querendo saber se é uma questão humana ou comunista”, completa.

Gondim é crítico do presidente eleito Jair Bolsonaro, o político tem defendido o projeto de lei que tipifica esses movimentos sociais sem terra como grupos terroristas. Outro projeto de Bolsonaro é permitir que produtores rurais tenham armas e liberdade para agirem contra invasores de terras.