Da Redação JM Notícia

Vereador Filipe Martins (PSC) fala no plenário da Câmara Municipal de Palmas

O vereador Filipe Martins (PSC) comentou nesta quarta-feira (14) sobre o caso da escola no Distrito Federal que resolveu adotar banheiros únicos, sem a distinção de gênero, para crianças de 4 a 8 anos.

Os relatos das crianças aos pais, sobre ver os colegas nus, fez com que o caso fosse parar no Conselho Tutelar e passará a ser investigado também pelo Ministério Público do DF.

Os conselheiros da região dizem que a denúncia foi feita com o objetivo de proteger as crianças. “Vimos um risco iminente. Pelos casos que atendemos, vemos alto risco de abusos sexuais”, disse o conselheiro Manoel Magalhães.

Para o vereador Filipe Martins, expor as crianças a este tipo de situação é uma “tragédia” e por isso ele cobra da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Palmas para aprovarem um projeto de sua autoria para impedir que banheiros únicos sejam adotados dentro da cidade de Palmas.

“Nós temos um projeto de lei que tramita na CCJ e faço um pedido para que faça um parecer favorável ou que rejeite este projeto de lei, dando um parecer, para que nós possamos saber quem está do lado da família e quem não está”, declarou.

VEJA TAMBÉM
Projeto de Filipe Martins que incentiva doação de sangue é aprovado em Palmas

O parlamentar se comprometeu a fazer tudo, dentro da legalidade, para que o projeto seja aprovado “para que não ocorra este crime com as nossas crianças”. “Para nós, defensores da família tradicional, isso é um crime”.