“Priscila” na verdade é um homem que decidiu que agora é mulher e participou do campeonato feminino. Foto: Divulgação

Um homem fisiculturista que agora se chama Priscila Reis, se autodeclara uma mulher trans de 26 anos, conseguiu a segunda posição em um concurso de fisiculturismo feminino de Saquarema, no Rio de Janeiro.

O abusurdo, um homem competir com mulheres, foi festejado pela comunidade LGTBI, pois ele foi o primeira transgênero brasileiro habilitado a participar de uma competição nessa modalidade, em que até então eram permitidas apenas as verdadeiras mulheres, chamadas pela cartilha deles de cisgêneros (que se identificam com o gênero biológico).

OAB recomenda que gays se casem às pressas antes de Bolsonaro assumir o poder

De acordo com informações do site A Capa, “Priscila Reis” buscou autorização para participar da competição baseada na história de um homem trans que conseguiu participar de um campeonato masculino.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here