Da Redação

“A população de Palmas precisa apoiar os profissionais legais e cadastrados”, defende o parlamentar. Foto: Divulgação

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, 20, o vereador Filipe Fernandes (PSDC) levou à tribuna sua preocupação com condutores que atuam de forma irregular em Palmas. Conforme o vereador, o número de transporte clandestino vêm crescendo, o que prejudica a classe de trabalhadores que são devidamente regularizados.

Fernandes conta que o cidadão também é prejudicado, pois transita com uma pessoa desconhecida, sem garantia de segurança. “Não podemos admitir mais esse tipo de veiculação. Não sabemos as condições do veículo e nem as reais intenções dos motoristas que efetuam esse tipo de transporte”, alertou o vereador.
O transporte irregular também é uma preocupação dos motoristas, e conforme o vereador, arcam com um custo alto para se manterem regularizados, enquanto o clandestino lucra de forma irregular. “A população de Palmas precisa apoiar os profissionais legais e cadastrados, como táxis, mototáxis, ubers, que realizam seu trabalho de forma adequada e com autorização”.
Em busca de amenizar essa situação, o vereador solicitou junto aos parlamentares, que o Executivo possa fazer um projeto de lei que aumente a penalização, com multa, para a plataforma de transporte que não cumprir com suas obrigações. “Deve ser cobrado multas das plataformas e não dos motoristas, pois elas são responsáveis e ganham sem trabalhar e contribuir com o município”, concluiu.
Com informações assessoria
COMPARTILHAR