Entre outras atribuições, a LDO também dispõe sobre as despesas com pessoal, encargos sociais e benefícios aos servidores. Foto: Reprodução

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), publicada nesta sexta-feira, 23, no Diário Oficial do Estado (DOE), traz um ineditismo para o Tocantins. Após articulação do Governo, pela primeira vez na história, 25% das emendas individuais dos parlamentares serão destinadas obrigatoriamente à área da Saúde.

O maior investimento possibilitará que o Governo tenha recursos para melhorar o atendimento, fomentar as reformas de ampliação das unidades hospitalares, além de comprar mais insumos e medicamentos.

Entre outras atribuições, a LDO também dispõe sobre as despesas com pessoal, encargos sociais e benefícios aos servidores; a execução provisória da lei orçamentária; as transferências aos setores público e privado; o contingenciamento das despesas; e a transparência no gasto público.

Deputados aprovam LDO 2019 com previsão de arrecadação de R$ 10,261 bilhões

A LDO prevê ainda a concessão da revisão geral anual salarial da remuneração e do subsídio, referentes aos valores no âmbito dos Poderes do Estado, do Ministério Público (MPE), do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e da Defensoria Pública do Estado (DPE), respeitadas as respectivas competências, correspondentes à revisão geral anual dos anos de 2019; suprir despesas com progressão e promoção de servidores previstas em planos de cargos e salários, entre outros, além da realização de fases finais de concursos que estão em andamento.

VEJA TAMBÉM
Contra as queimadas, Governo do Tocantins promove campanha educativa em escolas

Já na área da Segurança Pública, a LDO garantiu para o próximo ano a realização de forças-tarefas para o combate à criminalidade nas cidades de Araguaína, Palmas, Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Gurupi e Araguatins; além da implantação de unidades de polícia judiciária nas cidades de Paraíso do Tocantins e Colinas do Tocantins e do aplicativo Detran na Palma da mão, que irá trazer a resolução de serviços ao cidadão por meio do celular.

O documento também trouxe a previsão para a realização de várias obras entre elas o SOS Estradas, que irá recuperar rodovias estaduais; a conclusão da Obra do Fórum de Justiça de Araguaína; a perfuração de poços artesianos em 10 municípios; e a substituição dos reservatórios de água em 15 cidades. Também serão revitalizados os distritos agroindustriais de Gurupi, Araguaína e Guaraí; realizadas reformas dos postos de fiscalização das unidades administrativas estaduais de defesa animal e vegetal; e ainda a conclusão das obras de reforma e ampliação dos hospitais de Porto Nacional, Gurupi e Araguaína.

A LDO também trouxe como meta do governo para 2019 a reestruturação das unidades escolares nos municípios do Estado e do Calendário Cultural do Tocantins.

VEJA TAMBÉM
Wanderlei Barbosa quer revogação de portaria que amplia de 40 para 30 horas carga horária dos profissionais de saúde

Com informações Secom