Da Redação JM Notícia

O deputado estadual eleito Fabion Gomes, representante político da região do Bico do Papagaio, extremo norte do Estado do Tocantins, concedeu entrevista na última semana ao Jornal Opção, e se mostrou preocupado com a região em relação a recursos que o Bico deixará de receber.

Segundo ele, a região do Bico já chegou a ter cinco deputados estaduais, mas, para a próxima legislatura, serão apenas três, o que diminui a representatividade e, por consequência, os recursos por meio de emendas parlamentares destinados àquela comunidade. O parlamentar afirmou que a perda de receita para a região deve ser de em torno de R$ 7 milhões de reais por ano.

“Se o Bico perdeu dois deputados, isso significa uma perda de cerca R$ 7 milhões de reais por ano, o que faz muita diferença por lá. Nos últimos anos, representantes do sul e do centro do Estado do Tocantins tem ido por lá, na época das eleições, captarem votos, em razão da região ser muito populosa. Cada qual coopta, por intermédio de líderes comunitários, duzentos ou trezentos votos e, uma vez eleitos, se esquecem daqueles eleitores, não direcionando emendas ou outros recursos para aquela região” ressaltou Fabion Gomes.

VEJA TAMBÉM
Ataídes Oliveira é recebido por 300 pessoas em São Bento

Gomes reafirmou que a sua plataforma política preza por ações que visam o estímulo à geração de emprego e renda, apoio ao esporte e à juventude, ampliação da rede hospitalar, assim como criação de escolas e universidades e, além disso, prioridade absoluta às pessoas mais carentes.