Carlesse empossa novos titulares da Polícia Civil

Após a crise que se instalou na Segurança Pública do Tocantins nas últimas semana, com a exoneração de 12 delegados por parte do Governo e a entrega dos cargos pela alta cúpula da Segurança Pública, o governador Mauro Carlesse empossou na manhã desta terça-feira, 27, Rossílio Souza Correia como delegado Geral da Polícia Civil e Raimundo Cláudio Batista como diretor de Polícia Civil de Palmas.

Na oportunidade foi empossado também Marcelo Falcão como o subsecretário da pasta da Segurança Pública do Estado do Tocantins.

O ato contou com a presença do secretário de Estado da Segurança Pública, Heber Luiz Fernandes Fidelis. O governador destacou a importância do trabalho da Polícia Civil no contexto da segurança pública e desejou sucesso a cada um dos empossados. “A segurança pública é uma das nossas prioridades e desejamos sucesso a cada um vocês no exercício das suas atividades”.

CRISE

Um dos grandes pivores da crise na segurança pública do Tocantins, foi a exoneração do delegado regional de Araguaína, Bruno Boaventura. Ele estava comandando a operação que investigava o escândalo do lixo hospitalar encontrado em um galpão em Araguaína. O galpão foi ligado pela Polícia Civil ao ex-juiz eleitoral João Olinto, que é pai do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB).

VEJA TAMBÉM
Delegado que investigava pai do deputado Olyntho Neto é exonerado; Sindicato fala em retaliação

Nomes da cúpula da SSP que entregaram os cargos:
Secretário: Fernando Ubaldo
Delegado Geral: Vinicius Mendes
Gerente de Operações: Wanderson Chaves
Diretora de Polícia da Capital: Antônia Ferreira
Diretor de Polícia do Interior: Marcio Giroto
Diretora de Inteligência: Luciana Midlegi
Diretor da Academia de Polícia: Marcelo Falcão