Da redação JM

Tocantinenses que viajara ao RJ para a Eslavec. Foto: Divulgação

Um grupo de evangélicos estiveram no Rio de Janeiro para participar da Eslavec – Escola de Líderes da Assembleia de Deus Vitória em Cristo que ocorreu entre os dias 19 a 22 de novembro. A caravana foi organizada pela IIR – Igreja Internacional da Renovação e participaram dela pastores, líderes de ministérios e membros envolvidos no voluntariado do serviço eclesiástico .

Com o tema “Espiritualidade, Emoções e Caráter para uma liderança de excelência”, o evento promovido pelo pastor Silas Malafaia, líder da Advec, reuniu palestrantes conceituados na área de treinamento de liderança: o casal Malafaia, Silas e Elizete, o pastor Luciano Subirá, o coach Paulo Vieira, e, o psicanalista Augusto Cury.A programação teve inicio na segunda – feira (19) com a participação do pastor Luciano Subirá, líder da Comunidade Alcance de Curitiba/PR.

Na ministração de abertura, Subirá falou da importância da maturidade no exercício de liderança e ressaltou que um ministério sofre muito mais com líderes imaturos do que com a falta de uma liderança. O pastor atentou para a importância de se submeter a processos e etapas que contribuem para o crescimento saudável de um líder em sua caminhada ministerial, forjando o seu caráter para que este possa excercer de modo responsável a função que lhe foi confiada.

Igreja promove série de ministrações para jovens e adolescentes sobre depressão e suicídio

No segundo dia do evento as ministrações foram  do casal de pastores da Advec, Elizete e Silas Malafaia. Elizete falou da importância da autoliderança. O líder precisa saber gerenciar a sua própria vida para desempenhar uma liderança eficaz. A pastora chamou a atenção de pastores e conselheiros quanto o perigo da sobrecarga e ressaltou que é preciso ter dedicação não somente à  área espiritual de sua vida, mas também às áreas emocional e física. À igreja, Elizete compartilhou o seu testemunho de quando ela passou por problemas emocionais e psicológicos há uns anos atrás, devido a sobrecarga do ministério, que a levou a fazer tratamento com especialistas e uso de medicamentos para restaurar o equilíbrio mental e emocional.

VEJA TAMBÉM
STF julga nesta quarta ação para criminalizar homofobia, se aprovada, pastores poderão ser presos

Silas Malafaia ministrou a palestra “Verdades que líderes precisam conhecer”. Segundo o pastor, todo ser humano nasceu para liderar alguma área de sua vida, mas, existem níveis de liderança. Ele listou algumas habilidades que são importantes para o exercício de liderança  entre elas, visão de futuro, confiança e obediência a direção espiritual, observar a instrução da palavra de Deus e saber lidar com o fracasso. “Quem tem medo de crítica, não deve se expor. Quem se preocupa em agradar todo mundo não pode ocupar uma posição de alta liderança” pontuou Malafaia.

O evento este ano foi marcado pela participação de Paulo Vieira, coach cristão que atua na área de desenvolvimento pessoal. Vieira falou sobre emoções e comunicação, de como exercer a fé para reprogramar crenças que aprisionam muitas pessoas a um comportamento não condizente com princípios e valores cristãos.

A última noite do evento, na quinta-feira (22), o público assistiu a palestra de Augusto Cury, médico psiquiatra, psicoterapeuta, que era ateu, mas converteu a Jesus Cristo. Cury falou sobre gestão da emoção. Ele disse que os líderes são mais suscetíveis a adoecerem emocionalmente devido a dificuldade que muitos têm de falar de seus sentimentos. Pontuou que para gerir as emoções é necessário mapear os pensamentos e confrontar os pensamentos pertubadores, pois, para cuidar de pessoas é necessário estar bem.

VEJA TAMBÉM
Governo Federal dá R$ 28,6 milhões para escolas de samba promoverem a depravada “festa da carne”

Após intervalo, logo após a palestra de Cury, Luciano Subirá voltou a ministrar para fazer o encerramento da Eslavec. Subirá falou que um líder não deve ver um ministério como um peso, mas, como uma honra. Atentou o público presente para que não se ensoberbeça com títulos mas que busque a aprovação de Deus. De acordo com Luciano Subirá, o sucesso de uma liderança está em cumprir com o que foi determinado por quem o enviou.

Um dos responsáveis pela caravana tocantinense à Eslavec, o pastor da IIR Fabricio Martins, disse que essa foi uma oportunidade para troca de experiências “O conteúdo aprendido nos será útil para desenvolver e aprimorar soluções e ferramentas essenciais ao pastoreio e demais demandas eclesiásticas. Essas mensagens produziu em nós resultados transformadores e profundos no que tange a conceitos e paradigmas do cristianismo” pontuou pastor Fabrício.

A Eslavec foi idealizada pelo pastor Silas Malafaia e está em sua 10ª edição. Ao longo de todos esses anos de realização, mais de 40 mil pessoas já participaram do evento. De acordo com o pastor Silas, esse encontro visa investir em pessoas que desempenham função de liderança em igrejas, pastores e suas esposas, capacitando os para o exercício de seus ministérios . A caravana tocantinense retornaram à Palmas no sábado (24).

COMPARTILHAR