Rafael durante sermão pregado na Igreja Profetizando as Nações da família Brum. Foto: Reprodução

Evangélicos de todo o país ficaram chocados com a triste notícia sobre mais um suicídio de pastor. Na tarde desta terça-feira (27) o jovem pastor Rafael Octávio, casado e pai de uma menina, tirou a própria vida pulando de uma ponte na cidade de Orlando-SP.

Ele lutava contra a depressão e, de acordo com dados iniciais, por causa dessa doença que mesmo com medicamentos não estava conseguindo recuperação, não estava mais ativo nas atividades ministeriais da Catedral do Avivamento, igreja presidida pelo pastor e deputado Marco Feliciano.

A morte de Rafael Octavio teve ampla repercussão na imprensa evangélica e entre as personalidades do mundo cristão.

+ “Você é insubstituível”: Augusto Cury lança programa gratuito de prevenção ao suicídio

Segundo informações divulgadas, Rafael chegou a ser integrante da cúpula do ministério da Catedral, teria dirigido algumas congregações, inclusive na cidade de Franca.

Marisa Lobo, amiga da família de Rafael, explicou que a depressão pela qual ele passava era de uma espécie muito crítica conhecida como “depressão química”, que segundo ela era mais difícil de ser notada e por isso mais sofrimento ainda trazia.

VEJA TAMBÉM
Responsáveis por exposição escolar que ensinava como abortar são afastados de seus cargos

“Luto Hoje se foi um amigo, um pastor querido.Tinha uma familia especial era filho da querida #Pra Zela, pastora de uma igreja comprometida com evangelho (eu conheço muito) Minha tristeza é saber que aparentemente Pr. Rafael não tinha motivos para desistir de viver. Esposa linda, filha, mãe, pai, igreja…Mas a depressão era grave, QUÍMICA. Ele tinha o que chamamos de “depressão sorridente” aparentemente não se notava, mas a sua mente sofria. A ponto de desistir de viver. Para família e amigos resta a dor, mas a esperança de que Deus tenha misericórdia e conforte os corações. Mais um pastor? ? Isso precisa acabar!! ??????“, disse a psicóloga Marisa Lobo em homenagem a Rafael nas redes sociais.

Veja mais algumas mensagens lamentando a tragédia:

Muito triste….que O Espírito Santo conforte os corações em luto”;

“Ser pastor não é fácil, nem todos conseguem administrar. Coitadinho do meu pastor eu sou muito complicada imaginem mais de uma dúzia iguais. Aja oração e comunhão. Que Deus tenha misericórdia de nossos pastores.”;

Demônios, falta de fé? qual a maior causa dos suicídios? pastor responde

“Pastores estão necessitando de cuidados, a carga está pesada”

Assista uma das pregações do pastor Rafael na igreja liderada por Fernanda Brum e esposa:

VEJA TAMBÉM
Marco Feliciano, Marisa Lobo e Eli Borges debatem ideologia de gênero nesta quinta (18)