A presença de Netanyahu, primeiro chefe de Estado a confirmar participação, poderá representar um reforço nas relações do Brasil com Israel.. Foto: Reprodução

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, confirmou à equipe do presidente eleito que estará presente na posse em 1º de janeiro de 2019.

A informação foi divulgada pelo próprio Jair Bolsonaro e pela própria embaixada de Israel.

Bolsonaro buscou a aproximação com Israel, e recebeu bastante aprovação de seus eleitores pelas movimentações, e a presença de Netanyahu sela uma futura parceria entre os governos conservadores.

Netanyahu foi um dos primeiros líderes mundiais a congratular Bolsonaro, quando eleito. “Estou certo de que sua eleição levará a uma grande amizade entre nossos povos e um estreitamento das relações Brasil-Israel.”, escreveu ele.

EUA protegerá Brasil em possíveis retaliações por mudança da embaixada para Jerusalém

Trump

Jair Bolsonaro disse hoje (29) que existe a possibilidade do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, vir à sua posse, o que dependeria de outros compromissos que possam existir no dia 1º de janeiro. “Eu ficaria muito honrado”, acrescentou.

Bolsonaro avaliou positivamente o encontro que tevepela manhã com o Conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, John Bolton. A reunião durou cerca de uma hora. “Foi mais um passo do Brasil em direção aos Estados Unidos e dos Estados Unidos em direção a nós”, avaliou.

O presidente eleito pretende ir aos Estados Unidos nos primeiros meses de seu governo, o que ainda deverá ser organizado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here