URGENTE: MPF dá parecer pela cassação de Mauro Carlesse e vice

O Governador do Tocantins, Mauro Carlesse e seu vice, Wanderlei Barbosa (PHS), poderão ter seus mandatos cassados pela Justiça Eleitoral. É que nesta terça-feira (04), o Ministério Público Eleitoral do Tocantins pediu ao Tribunal Regional Eleitoral para que seja cassado os mandatos do governador e do vice. O pedido é do procurador regional eleitoral Álvaro Manzano.

Segundo a procuradoria, Carlesse é suspeito de comprar apoio político através de emendas parlamentares e convênios e ainda, há indícios da utilização de bens públicos em campanha eleitoral, pagamentos irregulares de despesas e uso promocional de serviços de caráter social.

O pedido será julgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins.

O Governo do Tocantins disse que respeita o parecer, mas que tratar-se somente do posicionamento da instituição. Em nota, reafirmou a legalidade das ações de campanha e disse que confia que o resultado do julgamento terá um desfecho positivo para que o Tocantins prossiga em seu trabalho de manutenção da estabilidade política e jurídica.

VEJA TAMBÉM
Uso indevido de ônibus escolar em Araguaçu será apurado a pedido do MPE

Carlesse é o atual governador do estado e foi reeleito para um segundo mandato nas eleições de outubro.

Com informações JTo

Governo do Tocantins gastou R$ 44 milhões em locações de veículos em 2017