A matéria foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ). Foto: Reprodução

Está em tramitação na Assembleia Legislativa Projeto de Lei Complementar da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado que transforma o Centro de Estudos e Aprimoramento Funcional (Cesaf) em Escola Superior do Ministério Público.

A proposta da Procuradoria “se destina a ampliar as estratégias de aprimoramento profissional dos integrantes do Ministério Público, com reestruturação que possibilite o desempenho de atividades típicas de escola de governo”, explica a coordenadora da Cesaf, procuradora Vera Nilva Alvares Rocha Lira.

A matéria foi encaminhada à Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) na terça-feira, 4, mesma data em que outros três projetos de autoria de deputados também foram encaminhados à Comissão.

Evangélicos do Tocantins estarão sem “voz” na Assembleia Legislativa em 2019

Nos projetos os parlamentares propõem a instituição do Dia do Instrutor de Trânsito em 16 de outubro, concedem título de cidadania tocantinense ao empresário Edison José Dutra, dono do posto Tabocão, em Fortaleza do Tabocão, e reservam 10% da publicidade oficial em rádio e televisão à educação no trânsito.

VEJA TAMBÉM
Assembleia aprova projeto de Elenil que proíbe inauguração de obras inacabadas no Tocantins

As matérias são de autoria dos deputados Zé Roberto (PT), Valderez Castelo Branco (PP) e Elenil da Penha (MDB), respectivamente.

Com informações AL