Da Redação 

Ao todo foram beneficiadas 80 famílias, que se enquadram no Programa Pró-Moradia. Foto: Divulgação

O vice-governador Wanderlei Barbosa realizou na manhã desta quinta-feira, 13, a entrega simbólica das chaves dos apartamentos do Residencial Maria Olívia Carlesse, localizado na 309 Norte (ALCNO-10), próximo à Praia das Arnos, em Palmas. Ao todo foram beneficiadas 80 famílias, que se enquadram no Programa Pró-Moradia, destinado à pessoas com renda familiar de até R$ 1.600. O nome do residencial é uma homenagem à mãe do governador, Maria Olívia Carlesse, que faleceu no dia 9 de novembro de 2018.

A aposentada Ailda Alves da Silva foi a primeira a receber as chaves das mãos do vice-governador Wanderlei Barbosa e agradeceu a oportunidade. “Estou feliz, nunca tive moradia própria e agora tenho a oportunidade de melhor qualidade de vida. Agora vou ficar mais quieta, já que não vou mais pagar aluguel, vai sobrar um pouco mais da aposentadoria para melhorar a vida”, comemorou. “Eu por Deus sou mais que vencedor”, assim reagiu o pedreiro Moacir da Silva, que representou as famílias beneficiadas na solenidade. Morador de Palmas há 18 anos ele disse que a casa própria era um sonho que agora se tornou realidade. “Estou muito feliz com a oportunidade de passar o Natal em meu próprio apartamento, graças ao Governo do Estado”, disse em tom de agradecimento.

VEJA TAMBÉM
Atendendo requerimento de Wanderlei Babosa prefeitura de Palmas conserta Parabólica em Taquaruçu
Os 80 apartamentos estão divididos em cinco blocos, sendo que cada bloco é composto por 16 unidades. Foto: Divulgação

Wanderlei Barbosa lembrou que o Tocantins conta com um grande déficit habitacional e que o governador Mauro Carlesse é sabedor da importância da entrega dessas moradias. Destacou ainda as parcerias com a Caixa Econômica Federal, Prefeitura de Palmas e as entidades voltadas para a causa. “A casa própria representa a segurança das famílias e o Governo Carlesse é comprometido com a inclusão das pessoas menos favorecidas”, pontou, ressaltando que o governo do Estado quer que as moradias populares na região central de Palmas favoreçam as pessoas com menos poder aquisitivo.

O presidente da Companhia Imobiliária do Tocantins (Terratins), Aleandro Lacerda, também destacou o cuidado do governador com o setor habitacional e a disposição em assentar as famílias beneficiadas pelos programas habitacionais nos espaços vazios da região central da capital. “O Governador quer que as famílias sejam beneficiadas com moradias populares também nos espaços vazios da região central de Palmas”.

O vice-governador Wanderlei Barbosa realiza entrega simbólica das chaves dos apartamentos do Residencial Maria Olívia Carlesse. Foto: Divulgação

O condomínio

Os 80 apartamentos estão divididos em cinco blocos, sendo que cada bloco é composto por 16 unidades e cada unidade conta com dois quartos e sala. A construção demandou recursos de mais R$ 5,9 milhões do Programa Pró-Moradia do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos (Seinf), em parceria com o Governo Federal, sendo que R$ 825.385,94 são referentes a contrapartida do Estado. Os principais critérios para ser beneficiário do programa, além da renda de R$ 1.600, são: já morar no município há pelo menos três anos e não ter sido beneficiário de outros programas habitacionais.

VEJA TAMBÉM
URGENTE: MPF dá parecer pela cassação de Mauro Carlesse e vice

Além do vice-governador, a solenidade contou com a presença de representantes da Caixa Econômica Federal, deputados estaduais e federais, da Prefeitura de Palmas, Energisa, representantes de movimentos pela moradia, secretários e populares.

Com informações Secom