Da redação JM

Integrantes da banda que morreram durante a tragédia. Foto: Reprodução

O baterista da banda Seventeen, Andi Windu Darmawan, é o quinto integrante do grupo que teve a morte confirmada em razão do tsunami no último sábado (22). O grupo confirmou nas redes sociais a morte de Darmawan, que estava desparecido. A banda foi atingida por um tsunami durante um show na praia de Tanjung Lesung, no extremo oeste da ilha de Java, na Indonésia

O sepultamento dos corpos de outros quatro integrantes do grupo indonésio acontece nesta segunda (24). Além dos integrantes da banda, ao menos 29 espectadores morreram, segundo a empresa que realizou uma festa de fim de ano com os funcionários em que a banda se apresentou. Outras 13 pessoas estão desparecidas.

Um vídeo gravou o momento em que a onda atingiu o palco em que o grupo se apresentava.

Além do baterista, morreram o baixista M. Awal Purbani, o guitarrista Herman Sikumbang, o produtor Oki Wijaya e um componente da equipe chamado Ujang.

A mulher do vocalista Riefian Fajarsyah, Dylan Sahara, ainda está desaparecida. Fajarsyah chegou a publicar um vídeo nas redes sociais em que, emocionado, pedia orações pelos desaparecidos. De acordo com o canal de TV “NewsAsia”, um dos integrantes da banda relatou nas redes socais o momento em que foi atingido pelo tsunami. Identificado apenas como Zack, ele afirmou que rezou embaixo d’água.

VEJA TAMBÉM
Menina de 2 anos morre em ataque contra igreja durante culto na Indonésia

Debaixo d’água, só conseguia rezar: ‘Jesus Cristo, ajude'”, disse o integrante da banda que sobreviveu.

Ele contou que sobreviveu apenas porque se segurou em parte da estrutura colapsada do palco em que a banda se apresentava.  O show, realizado na noite de sábado no Tanjung Lesung Beach Resort, reunia cerca de 200 funcionários da companhia elétrica PLN e seus familiares para uma festa de fim de ano.

Mortes

O tsunami registra ao menos 373 mortos, segundo dados do governo. A onda gigante foi provocada pela erupção do vulcão que é considerado o “filho” do Krakatoa, o Anak Krakatoa. O tsunami atingiu praias do sul da ilha de Sumatra e do extremo oeste de Java. O governo indonésio contabilizou 1.459 feridos. Outras 128 pessoas estão desaparecidas desde a noite de sábado, segundo boletim divulgado nesta segunda. As autoridades, porém, dizem que os números devem aumentar porque nem todos os dados foram registrados até o momento. A região mais afetada com a tragédia foram as áreas costeiras em Pandeglang, região onde está o resort. Apenas nessa localidade, foram registradas 207 mortes.

VEJA TAMBÉM
Indonésia: 34 crianças morreram durante estudo bíblico na igreja após Tsunami

Equipes mantêm as buscas por vítimas e o trabalho de resgate e de evacuação. O governo diz que ainda há vítimas sob escombros de edifícios atingidos pelo tsunami.