Da redação JM

Pastor Hueslen Santos e sua esposa Fabrícia. Foto: Reprodução Instagram

O pastor Hueslen Santos, vice-presidente do Gideões Missionários e 3º vice-presidente da AD Camboriú,  sofreu uma paralisia facial no último sábado, 22. Acompanhado de sua esposa Fabrícia, o pastor divulgou um vídeo nas redes sociais para desejar um feliz natal a todos e pedir orações pela sua recuperação.

No vídeo, é possível notar que o pastor ainda fala com um pouco de dificuldade devido as sequelas da paralisia.

Não esqueçam de orar por mim, vamos continuar servindo a Deus com alegria!“, disse Hueslen.

“Ainda não acabou”, diz profecia sobre transição no Gideões e na AD Camboriú; assista

“Bombardeio infernal”

Durante o culto do último domingo, 23, o pastor Hueslen participou rapidamente da celebração e nos momentos finais deu uma palavra sobre o que tem enfrentado.

Ele disse que liberava o perdão já antecipadamente para algumas pessoas que iriam julgar que a paralisia que sofreu é porque ele “estava pagando” por algum erro cometido.

Aos prantos, após sua fala, Hueslen recebeu oração de toda igreja pela sua saúde e vida ministerial. O pastor Eliel Anselmo, durante oração, disse que o pastor Hueslen tem sofrido um “bombardeio infernal” contra sua vida.

VEJA TAMBÉM
Daciolo fala sobre renúncia do presidente do Gideões: "Deus está no controle"

Pastor Reuel Bernardino anuncia renúncia da presidência do Gideões Missionários

Pouco antes, em sua fala, Hueslen citou que nos últimos dias a AD Camboriú e o Gideões Missionários vêm “sofrendo ataques de fora e, infelizmente, também de dentro da própria igreja

Pastor Hueslen durante fala no culto de domingo, 23. Foto: Reprodução Youtube

A paralisia facial acomete 80 mil pessoas por ano no Brasil. É uma condição frequente e pode ser decorrente de uma doença como o AVC, um tumor ou meningite, de um trauma ou causada por vírus.