Da redação JM

Nesta quarta-feira (26), o presidente nacional do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Juliano Medeiros, prometeu que o partido fará oposição aos projetos do presidente “com o dobro da força” no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Pastor filiado ao PSOL compara vereadora Marielle Franco com Jesus e critica Malafaia e Crivella

Pelo Twitter, Medeiros publicou:

“O PSOL foi o único partido a não dar um único voto favorável às propostas do governo golpista de Michel Temer. É isso o que Bolsonaro pode esperar da gente. E agora, com o dobro da força.”

“Não vote em candidatos do PT, PSOL nem PCdoB”, convoca Marco Feliciano

O que eles defendem

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) é a favor do Estatuto do Desarmamento, da descriminalização da maconha, do aborto e a da ideologia de gênero, além de toda pauta que seja progressista.